Mulheres na fotografia

06 mar 2020

A fotografia não seria a mesma se não fosse pelas mulheres que vivem imersas em seu mundo, e isso ocorre desde que ela foi criada. Por isso, nesse post vamos saber um pouquinho mais sobre as mulheres na fotografia, tá? Lembra logo de compartilhar com aquel@ @ que ama ler curiosidades, se inspire nessas musas incríveis e edite com AirBrush!

Ann Cook fez a primeira fotografia de paisagem do mundo

Você sabe o que é daguerreótipo? Foi o primeiro aparelho capaz de fazer uma fotografia. Ele funcionava assim: fixava as imagens obtidas na câmara escura numa folha de prata sobre uma placa de cobre. Em 1839, a musa Ann Cook fotografou uma paisagem com esse aparelho e foi a primeira pessoa no mundo a conseguir esse feito. Poderosa, hein!? 

A primeira mulher a usar uma máquina fotográfica 

Também em 1839, Constance Talbot começou a trabalhar com seu marido (William Henry Fox Talbot) e, com ele, desenvolveu os papéis fotossensíveis que absorviam a luz muito mais rápido e com maior qualidade, isso o fez ser considerado o inventor do negativo. Talvez alguns jovens de hoje não saiba o que é, mas os demais devem ter usado bastante isso nas câmeras analógicas. Além de desenvolver essa maravilha, Constance também foi a primeira mulher a usar a máquina fotográfica. Ícone, você quer o mundo? Te damos! 

A pioneira das mulheres na fotografia profissional 

Em 1841 já existiam 1750 estúdios fotográficos em Londres, mas apenas 22 tinham mulheres como operadoras. Em 1843, a francesa Antonieta DeCorrevont quebrou os paradigmas e abriu o seu próprio estúdio em Munique. Esse marco a reconhece como a primeira fotógrafa profissional do mundo.Obrigada por isso, Antonieta. Você não sabe o quanto isso foi importante. 

Mulheres na fotografia

No outro século, surgiram as repórteres fotográficas

Em 1929, a norte-americana Margaret Bourke-White começou sua carreira de fotojornalista na revista Fortune, após isso, ela foi a primeira mulher a ter permissão para fotografar o território soviético e também foi a primeira fotógrafa a fazer fotos em áreas de guerra. Ela é tão importante que suas fotografias estão no Museu do Brooklin, no Museu de Arte de Cleveland e no Museu de Arte Moderna de Nova Iorque. Poderosa, hein?!  Também americana, a fotógrafa Dorothea Lang foi contratada pela Farm Security Administration em 1930 e viajou pelos Estados Unidos fotografando a realidade que a crise de 29 teve na vida das pessoas. Suas fotos eram distribuídas gratuitamente para os jornais e são, até hoje, um marco.para sociedade.  

A brasileira pioneira das mulheres na fotografia

Filha de fotógrafo, Gioconda Rizzo cresceu apaixonada pela fotografia. Desde seus 14 anos, ela já trabalhava no estúdio da família. Em 1914, ela abriu o seu próprio estúdio que tinha o nome de “Photo Femina”, onde ela fotografava retratos mais focados em rosto, indo na contramão dos seus colegas que faziam de corpo inteiro. Infelizmente, devido ao machismo, o seu pai permitia que ela apenas fotografasse mulheres e crianças. Não podendo jamais fotografar homens. Mas, infelizmente, o seu irmão descobriu que ela fotografava também cortesãs e ela foi obrigada a fechar o estúdio, voltando a trabalhar no do seu pai. 

Nos dias de hoje: mulheres na fotografia!

Agora que lemos um pouco sobre as mulheres na fotografia desde o seu surgimento, que tal olharmos um pouco para o hoje? Temos várias AirBrushLovers que já apareceram aqui no blog que são fotografas. A nossa Hannah Alves que aparece no Igtv do @airbrush_br com tutoriais, é incrível também com câmera. Veja só essa foto linda: 

Também tem a Liz Chollet que nos deu dicas de fotos e edição no AirBrush para o carnaval nesse post, ó. Ela é graduada em Fotografia e tem um olhar fotográfico incrível. Sempre fico babando quando vejo suas fotografias: 

E você? Também fotografa? Conte sua história ou de alguma fotógrafa que você admira para o @airbrush_br. Queremos saber mais sobre cada uma. Um beijo e vamos à luta <3