6

Selfie perfeita por Martinha Barreto

Meitu . 06 de julho de 2018

Quem nunca saiu por aí dizendo quão difícil é fazer uma selfie perfeita, hein? Eu mesma já disse várias vezes. Mas, se pensarmos bem, essa dificuldade pode ser resolvida. Como? Vamos ver agora:

Luz Luz Luz! – Quem batalha por uma boa foto sabe como iluminação faz a diferença. Quando falamos sobre selfie isso não poderia ser diferente. Se você estiver em um lugar onde há uma boa iluminação, ótimo. Mas existe um segredinho pra quem vai fazer foto em casa que é super simples: procure a janela mais próxima! Coloque o celular/câmera pra fora e fotografe com a luz que vem dela no seu rosto. Fica incrível! Há também uma luz conhecida como “Photoshop natural da vida”, que nada mais é do que o pôr-do-sol ou a golden hour. Vá ao ar livre e aproveite esse horário pra fotografar.

Câmera frontal ou traseira? – Você pode usar as duas, apesar de muita gente ficar com medo de não conseguir sair legal na câmera traseira, não é tão difícil assim. Veja como você está se saindo na frontal, vire o celular e fotografe pela traseira. Como ela – geralmente – tem a resolução melhor, as chances de você ter uma foto incrível aumentam.

Ph @Martinhabarreto

Ahh e o editor? – Gente do céu, o AirBrush é incrível pra editar selfie. Eu, particularmente, sou apaixonada pelo filtro NYC. Mas além dos filtros, lá tem uma opção que é bem bacana pra quem quer limpar pequenas manchas, espinhas ou até um pouco das olheiras, se chama: Magic. Fica bem natural e não dá aquele efeito artificial, sabe? Gosto muito!

Criatividade? Precisa?– Depende, às vezes você só precisa ir até uma janela e pah: foto linda! Outras, você pode ousar. Colocar uma flor na boca, pedir ajuda do cachorrinho e colocar ele próximo ao rosto, tomar um cafézinho. Tudo isso com os cliques rolando! Fica legal e diferente. O diferente chama atenção.

São 4 dicas que parecem simples, mas fazem a diferença. Tentem usar e nos marquem no Instagram pra que a gente veja suas selfies maravilhosas por aí, tá? Beijinhos beijinhos, Martinha.