Tenha mais empatia nas redes sociais

26 fev 2021

Vamos falar de empatia? Com a globalização, vivemos em um mundo onde a internet nos traz aspectos positivos e negativos. Portanto, no post de hoje iremos falar sobre como ser mais empático nas redes sociais. Teremos como entrevistada a psicóloga @hannahalvespsi.

O que é empatia? 

Empatia não se resume à capacidade de se colocar no lugar do outro.  É uma tentativa de compreender o que a pessoa está sentindo através do olhar DELA sobre o mundo, e não partindo da SUA perspectiva. É claro que isso não é fácil, ou 100% possível, já que a nossa visão sobre as coisas também influencia na nossa personalidade. Por isso, ser uma pessoa empática é base para a inteligência emocional. Essa frase de Carl Rogers, um dos mais renomados psicólogos e criador da Abordagem Centrada na Pessoa (ACP), é muito esclarecedora sobre este conceito: “Ser empático é ver o mundo com os olhos do outro e não ver o nosso mundo refletido nos olhos dele.” 

Entrevista com @hannahalvespsi sobre a empatia nas redes sociais 

Para falar sobre empatia nas redes sociais, convidamos a @hannahalvespsi. Hannah é formada desde 2014. Já atuou na saúde mental pública, atualmente clinicando e faz parte de um laboratório de pesquisa sobre psicologia social. Vamos conferir! 

Você acha que há empatia nas redes sociais?

Sim e não. Nas redes sociais a gente vê de tudo, é como se fosse um universo próprio. Existem movimentos de pessoas que procuram ajudar o próximo, seja através dos seus conteúdos, ou de compartilhamentos! Por exemplo: o número de perfis que falam sobre saúde mental, empoderamento e pautas sociais vem crescendo bastante. Ou até mesmo contas que compartilham mensagens positivas. Na época da crise em Manaus em relação ao Coronavírus, muita gente se mobilizou através das redes. Por outro lado, são locais onde há muito linchamento. O fato de estarem por detrás de um perfil na internet acaba dando margem para fazerem comentários ruins sobre outras pessoas. Também há muitas discussões onde fica claro que uma pessoa não está tentando compreender o olhar do outro.

Como podemos praticar a empatia nas redes sociais? 

Compreender o que é empatia é primordial. É sobre entender que ninguém é igual e todos nós temos diferentes pontos de vista acerca do mundo e das nossas questões. Portanto, ser uma pessoa empática é tentar compreender o outro a partir da perspectiva dele. Para isso é necessário que a gente tente suspender nossas próprias questões o máximo possível. Mas claro, ninguém consegue totalmente fazer isso! Então praticar a empatia nas redes sociais é sobre entender que todos nós somos seres humanos, erramos e não vamos agradar a todos.Que você pode não gostar de alguém, mas não precisa ir lá comentar coisas ruins para as pessoas. Gostaria de pontuar também a diferença entre críticas construtivas e comentários que são só para ferir. Discussões são necessárias para que a sociedade evolua, mas precisamos pensar em  como estamos fazendo isso. 

Você pode dar dicas sobre como abordar o assunto empatia nas redes? 

Claro, quanto mais falarmos e demonstrarmos empatia, melhor! Dá para falar sobre nos stories, fazer posts pro feed ou até mesmo twittar sobre isso. Outra forma é demonstrar empatia com seus seguidores,

fazendo uma escuta verdadeira e mostrando que se importa com essas pessoas. Como na internet muitas coisas causam polêmicas, é possível usar assuntos do momento para abordar a temática também. No próprio BBB21 isso acabou se tornando pauta! 

Empatia e cultura do cancelamento tem alguma relação? 

Totalmente. Precisamos urgentemente repensar sobre a cultura do cancelamento, justamente porque todos nós estamos sujeitos ao erro. É como eu falei na outra pergunta: Pessoas que falam algo que pode machucar alguém, precisam ser criticadas e o assunto deve ser debatido. Agora como fazer isso é a grande chave da questão. Entretanto, não podemos esquecer que a raiva também é um sentimento legítimo, e todos nós podemos esquentar a cabeça com algum caso. Porém não devemos esquecer que as pessoas podem mudar! 

Não abra mão da empatia e use as redes sociais com mais leveza!

Agora que vimos como a empatia é algo importante dentro e fora das redes sociais, vamos te ajudar a levar elas com mais leveza. Se você estiver muito estressado (a) com alguns assuntos em alta, dê um tempo da internet. Foque em outras coisas como ler um livro ou ver uma série. Outra dica legal é usar sua criatividade para tirar e editar fotos! Não se esqueça que a arte pode ser muito terapêutica. Pensando nisso, nós do AirBrush decidimos fazer um tutorial com uma edição bem acolhedora, leve e criativa! Combina super com a temática do post, não é? Então siga o tutorial:

  • Abra o AirBrush
  • Na ferramenta Fundoselecione uma imagem que você achou linda!
  • Em Realçarfaça os ajustes de iluminação da sua foto. Aqui aumentamos o contraste e diminuímos o brilho.
  • Finalize com um filho da sua preferência! Esse é o “Enamor” do pack Love” 

Resultado:

O post de hoje foi muito especial, não é? Então compartilhe com os seus amigos para eles também espalharem muita empatia por aí! Se produzir algum conteúdo inspirado nesse post, nos marca no @airbrush_br! Queremos muito ser contagiados pelo seu espírito empático. <3

Muito amor para você, e até o próximo post!